Igreja de São Domingos, no Terreiro de Jesus, foi reaberta nesta sexta-feira (18)



De portas abertas. Esta é a situação, a partir de hoje (18), da igreja de São Domingos, localizada no Terreiro de Jesus, no Centro Histórico de Salvador. A solenidade de reabertura do templo que ficou fechado por mais de duas décadas reuniu o Arcebispo de Salvador e Primaz do Brasil, Dom Murilo Krieger, o prefeito de Salvador, Antônio Carlos Magalhães Neto, a presidente do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), Kátia Bogéa, bem como representantes da sociedade civil e militar.

“Além de ser secular, é de uma beleza única. É com emoção que a gente vê a concretização de um sonho de mais de duas décadas para a restauração e eu tenho certeza que quem vai frequentar aqui vai fazer aquela experiência que os primeiros habitantes da cidade ou aqueles que conheceram essa igreja fizeram: admiraram a beleza de Deus através da beleza feita pela arte humana”, afirmou Dom Murilo.


O prefeito ACM Neto também aproveitou a cerimônia para agradecer. “Hoje temos que agradecer a Deus a oportunidade de estarmos aqui e, sobretudo, de Salvador receber este presente. Quando a gente participa de uma inauguração como essa, devemos ter a consciência de que o investimento na preservação do patrimônio, o investimento na requalificação e na valorização da nossa história é, sobretudo, um investimento no futuro”, disse. Na ocasião o prefeito anunciou que será criado, em 2017, dentro da Secretaria de Cultura e Turismo, um departamento específico para cuidar do Centro Histórico de Salvador.


" Hoje essa Irmandade, Venerável Ordem Terceira de São Domingos de Gusmão está em festa. 22 anos que nós esperávamos que esse sonho fosse realizado. Finalmente hoje se concretiza esse sonho: São Domingos Volta á sua casa depois de ter peregrinado", afirmou o prior da Irmandade, Evilásio Bertoldo.